Parlamento alemão decreta fim da energia nuclear no país até 2022

Usinas Nucleares.

Chanceler Angela Merkel confirmou a antecipação do fechamento de alguns reatores ainda em 2011

O Parlamento da Alemanha aprovou nesta quinta-feira (30/06) o plano nacional que fixa em 2022 o limite para o encerramento de todas as usinas nucleares no país. O ministro do Meio Ambiente, Norbert Rottgen, comemorou a medida dizendo se tratar de “um sinal histórico”
A decisão, que já havia sido anunciada, é concretizada após pressão interna pela não utilização de recursos nucleares, que teve início com o acidente registrado na usina de Fukushima, no Japão, em março, quando um terremoto seguido de tsunami causou explosões e vazamentos na planta.
A chanceler Angela Merkel anunciou ainda a adoção de uma moratória de três meses para as centrais que se adaptarem às novas condições de segurança, além de um programa financiado com 1,2 bilhão de euros para melhorias no isolamento térmico e eficiência energética.
Durante a votação, a legenda Die Linke foi contra a proposta, exigindo que as metas deviam ter como prazo o ano de 2014. Merkel, porém, anunciou somente a antecipação do fechamento de algumas usinas, informado que 17 reatores serão desligados em breve, sendo oito ainda em 2011.
Fonte: Jornal da energia