Geração térmica será reduzida para 2,5 mil MWmed em setembro

A geração de energia elétrica por térmicas será reduzidas dos atuais 4 mil MW médios para 2,5 mil MWmed a partir do início de setembro, informou na última segunda-feira, 30 de agosto, o Ministro de Minas e Energia, Marcio Zimmermann, após a reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico. “Temos um cenário bastante positivo”, disse o ministro.

Zimmermann destacou que os reservatórios do subsistema Sudeste/Centro-Oeste estão com uma média de 90% de armazenamento. No Nordeste, o nível está um pouco mais baixo, mas isso não compromete a segurança do sistema, continuou.

“O sistema está tranquilo, operando dentro das condições, o que nos leva até a poder reduzir [o uso de termelétricas]. Vamos acompanhando como vai ser a projeção para as próximas semanas e, se for necessário, voltaremos a atuar com térmicas”, salientou.

Durante a reunião do CMSE, o Operador Nacional do Sistema Elétrico apresentou uma avaliação das condições eletroenergéticas. O fenômeno climático “La Niña” afetou a capacidade de armazenamento entre junho e agosto. Para os próximos três meses, o ONS espera precipitações entre dentro da média histórica e baixo dela para as bacias dos rios Uruguai, Jacuí e Iguaçu.

O ministro Zimmermann destacou na reunião ainda o resultado dos leilões de fontes alternativas realizados na semana passada.

Com informações da Agência Brasil

Fonte: Canal energia.