Eletronuclear entrega até meados do ano lista de locais para novas usinas

Empresa estima que entre a aprovação do Congresso Nacional e a conclusão das obras passarão 10 anos. Cada projeto deve custar US$ 3 bilhões, em média

A Eletronuclear está trabalhando para entregar ao Ministério de Minas e Energia, até meados do ano, uma lista de 40 locais disponíveis para a construção de novas usinas nucleares no país. A informação foi dado pelo presidente da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva, nesta terça-feira, 18 de janeiro, antes de participar do 2º Seminário Nacional de Energia Nuclear, realizado no Rio de Janeiro.  Esses locais estão nas regiões Nordeste, Sudeste, Sul e parte da Centro-Oeste.

Segundo Pinheiro, os locais têm que atender a uma lista de exigência de dois mil itens, como ausência de falhas geológicas, estar longe de grandes cidades e proximidade de fontes de água para esfriamento das turbinas. O executivo disse que, muito provavelmente, o primeiro sítio a ser escolhido pelo governo será na região Nordeste. “A região está crescento acima da média do país e vai precisar de muita energia e os potenciais hídricos estão se esgotando”, observou o presidente da Eletronuclear.

O executivo estimou que leve-se dez anos para a conclusão da usina a partir da aprovação do Congresso Nacional. “Nunca vi uma usina sair com menos tempo que isso”, frisou. Cada nova usina nuclear, com 1 mil MW de capacidade, deverá custar, em média, US$ 3 bilhões.

Fonte: CanalEnergia