Chávez anuncia projeto nuclear para Venezuela

A Venezuela está disposta a iniciar o desenvolvimento de sua primeira central nuclear, “com objetivos pacíficos”, revelou nesta sexta-feira o presidente Hugo Chávez, ao firmar acordos de cooperação com o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, que visita Caracas.

“Conversamos sobre o tema e estamos dispostos a iniciar o primeiro projeto para uma central de energia nuclear, obviamente com fins pacíficos”, declarou Chávez.

Putin chegou hoje a Caracas para uma visita oficial e após um longo dia de trabalho, os dois líderes firmaram cerca de 30 acordos, nas áreas de energia, petróleo, tecnologia e defesa.

A Venezuela é um dos principais parceiros econômicos e políticos da Rússia na América Latina, e os dois governos já firmaram numerosos acordos nos últimos anos em matéria energética e de defesa.

Segundo Chávez, Venezuela e Rússia estão desenvolvendo “uma nova equação” no âmbito das relações bilaterais.

“Tenho que agradecer seu apoio ao projeto bolivariano”, disse Chávez a Putin.

Entre 2005 e 2007, Caracas firmou contratos para a compra de armas russas no valor total de 4,4 bilhões de dólares, incluindo caças Sukhoi, helicópteros de combate e fuzis de assalto Kalashnikov.