Tecnologia em balões vai levar internet para regiões isoladas do Brasil

Os ministros das Comunicações, Paulo Bernardo,  e da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, acompanham nesta quinta-feira (15), às 11h, o lançamento do balão Aerostato Brasileiro de Banda Larga (ABBL), que ocorrerá no pátio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCTI), em Cachoeira Paulista (SP).

Trata-se de um balão equipado com sistema de comunicação para levar sinal de internet a comunidades distantes dos grandes centros urbanos, que será içado a 240 metros de altura, de onde se conectará com um ponto fixo em Cachoeira Paulista e um veículo que transportará um rádio. Com o equipamento, a comunicação em banda larga usando rádio frequência atinge maior área de cobertura em comparação às torres convencionais.

O projeto será desenvolvido em duas fases. A primeira será o teste em Cachoeira Paulista, com o balão transportando transreceptores. Se tiver sucesso, serão desenvolvidos protótipos industriais e levados a todas as regiões carentes do País, incluindo a cobertura da região Amazônica.

A tecnologia, desenvolvida pelo Inpe, integra o projeto Conectar e envolve a Telebrás, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) e o Ministério das Comunicações, além de empresas especializadas,  responsáveis por agregar tecnologia espacial inovadora ao sistema de comunicação embarcado no balão.

Fonte: Ministério das Comunicaçõeslogopet (1)