Dispositivo vai impedir afogamentos em piscina

 

A empresa israelense Coral Detection Systems apresentou na Consumer Electronics Show em Las Vegas na semana passada um dispositivo que é capaz de detectar rapidamente o afogamento em piscinas e emitir alertas.

O produto, Coral Manta, que a empresa chama de “o primeiro de seu tipo,” é um dispositivo com forma hexagonal e em parte é alimentado por painéis solares que cobrem sua superfície. Quando colocado na borda de uma piscina, o dispositivo monitora a piscina através de uma câmera de vídeo subaquática embutida que usa visão artificial e inteligência artificial para detectar movimento.

O dispositivo monitora a piscina 24 horas por dia e usa inteligência artificial para analisar o vídeo em tempo real capturado pela câmera. Em caso de afogamento ou circunstâncias perigosas, o dispositivo emite um alarme para alertar as pessoas próximas para ajudar a vítima e, ao mesmo tempo, envia um alerta para os proprietários da piscina através de seus smartphones.

A resposta imediata é essencial, pois quatro a cinco minutos sem oxigênio podem causar danos cerebrais irreversíveis para as crianças, e para os adultos esse tempo diminui em três a quatro minutos, explica o site da empresa. Na maioria dos casos, quando as pessoas se afogam, afundam rapidamente no fundo, apenas alguns segundos depois de pararem de respirar. Coral Manta é programado para identificar tais situações e ativar alarmes aumentando as chances de resgatar pessoas com vida.

O Coral Manta, que custará cerca de US $ 2.000, foi testado “em milhares de cenários que simulam afogamento” em muitos tipos diferentes de piscinas, adultos e crianças, de acordo com a empresa.

Fonte: Engenharia É