Cientistas criaram um software que pode prever vários minutos no futuro

maioria de nós já estamos acostumados a tecnologia que prevê as palavras que queremos digitar. Mas, em breve, esse tipo de software poderá olhar ainda mais para o futuro, a fim de prever ações que mal consideramos.

Um processo desenvolvido por cientistas da computação da Universidade de Bonn, na Alemanha, ampliou com sucesso as fronteiras sobre como os computadores podem antecipar com precisão os comportamentos humanos nos próximos minutos.

As gerações atuais de software antecipatório só estão interessadas em saber o que faremos nos próximos segundos. Mas, em breve poderíamos ter mordomos robôs que nos entregam um café da manhã antes mesmo de pedirmos, e com tudo que você queira.

“Queremos prever o tempo e a duração das atividades, minutos ou até horas antes que aconteçam”, diz o líder da equipe de pesquisa, Jürgen Gall .

O objetivo era verificar se um programa poderia listar uma sequência de ações de até cinco minutos no futuro, com base na observação das primeiras etapas de uma atividade.

Especificamente, eles treinaram software para adivinhar o que um chef faria em seguida, mostrando-lhe uma série de vídeos de pessoas fazendo café da manhã ou uma salada.

Eles então mostraram ao programa um vídeo completamente novo de outra pessoa preparando uma refeição semelhante, e observaram como ela adivinhava os próximos passos e sua respectiva duração.

Para você ou eu, isso não é exatamente um desafio. Se você ver alguém pegando uma tigela e um pouco de cereal, pode ter certeza de que eles vão tomar o leite depois. Mas esse tipo de raciocínio não é um passeio no parque para computadores.

A equipe testou duas abordagens usando diferentes tipos de redes neurais artificiais: uma que antecipou ações futuras e refletiu antes de antecipar novamente, e outra que construiu uma matriz em um único hit antes de analisar as probabilidades.

Os cientistas descobriram que seu programa treinado poderia prever corretamente uma ação e sua duração de 3 minutos no futuro, aproximadamente 15% do tempo.

Isso pode não parecer impressionante, mas estabelece uma base sólida para a inteligência artificial futura que poderia potencialmente desenvolver uma super visão humana.

A equipe apresentará seus resultados na Conferência IEEE deste ano sobre visão computacional e reconhecimento de padrões em Salt Lake City, que esperamos que gere algum interesse em software preditivo.

Fonte: Engenharia É

logo_pet2