Software usa inteligência artificial para transformar selfies em modelos 3D

Pesquisadores da Universidade de Nottingham e da Universidade de Kingston, ambas no Reino Unido, desenvolveram uma tecnologia capaz de transformar imagens planas em modelos em 3D. A técnica emprega inteligência artificial para dar profundidade tridimensional a uma selfie, oferecendo o produto final em alguns instantes.

O método criado pelo grupo de cientistas realiza regressão volumétrica direta por meio do uso de uma rede neural convolutiva. Com isso, eles conseguiram superar algumas das complexidades impostas em formas mais tradicionais de realizar esse tipo de transformação. O trunfo aqui é a capacidade de treinar a inteligência artificial para avaliar e interpretar de forma mais precisa um conjunto de imagens bidimensionais a fim de criar um modelo em 3D.

“Os sistemas atuais frequentemente assumem a disponibilidade de múltiplas imagens faciais como entrada e devem solucionar inúmeros de desafios metodológicos, como estabelecer correspondência densa entre posições faciais, expressões e iluminações não uniformes”, revela o artigo publicado pela equipe. “No geral, isso requer métodos complexos e ineficientes para construção e ajuste do modelo.”

Modelo tridimensional criado a partir de uma imagem plana.

Tudo parece complicado e, de fato, não é algo exatamente simples de ser alcançado. Mas os cientistas criaram uma demonstração de seu método e o disponibilizaram na web. Acessando o site da plataforma é possível escolher uma foto disponível na web ou então enviar uma selfie própria para tentar aplicar a transformação tridimensional.

Apesar de inicialmente parecer sem propósito, a ferramenta é uma forma divertida de demonstrar os avanços da aprendizagem profunda.

Fonte: Tecmundo