Robô vai inspecionar desastre nuclear de Fukushima

Toshiba anunciou dias atrás um robô em “formato de cobra” que deve ajudar especialistas a entenderem o que de fato aconteceu no desastre nuclear de Fukushima. A usina japonesa foi atingida por um terremoto e, em seguida, por um tsunami, o que danificou gravemente sua estrutura. O material radioativo da usina vazou e contaminou toda a área de forma a impossibilitar a investigação por parte de humanos no local.

O robô da Toshiba mede 13 metros de comprimento, conta com uma câmera e vários sensores para coletar dados sobre como vazou o material radioativo da Unidade 2 da usina. O acidente aconteceu em 2011, mas, até hoje, as autoridades japonesas sabem muito pouco acerca de como ele se deu.

A ideia é usar as informações coletadas para prevenir futuros vazamentos em outras usinas e, dessa forma, impedir que desastres naturais relativamente frequentes como terremotos atinjam outras instalações nucleares no país.

Não foi revelando exatamente quando ou como esse robô em forma de cobra será utilizado pelos especialistas, mas espera-se que a Toshiba divulgue novas informações em algum momento.

E aí, o que tem a dizer sobre isso? Deixe seu comentário e compartilhe!

Fonte:  TecMundo

logo_pet2