Engenheira cria robô que é controlado por ondas cerebrais

robo-controlado-ondas-cerebrais-1024x576Uma jovem engenheira chamada Marita Cheng, desenvolveu um robô engenhoso e fácil de usar que pode ajudar os deficientes a melhorar a mobilidade. Ela, e sua empresa Aubot, criou o “Teleport”, um robô de 1,1m – 1,7m de altura, conectado com a tecnologia de controle do cérebro MindWave, para dar aos usuários o poder de controlar o movimento do robô apenas usando a concentração.

A tecnologia pode ajudar aqueles com mobilidade limitada, facilitando assim a ida ao trabalho, à escola, a fazer qualquer coisa. Teleport tem mesmo sido utilizado em hospitais infantis para permitir que as crianças possam ir em viagens no campo, tudo sem realmente ter que deixar o hospital.

É uma experiência de mudança de vida para aqueles que a usaram. Um usuário do Teleport, um homem de 36 anos que sofreu uma lesão espinhal devastadora declarou: “Eu nunca consegui nada para me mover antes com meu cérebro, então isso foi bastante inacreditável”.

O sistema consiste no robô de mobilidade equipado com câmeras para frente e para baixo. O MindWave é fácil de usar, apenas levando cerca de cinco minutos para configurar totalmente. Tudo o que o usuário tem que fazer é se concentrar o suficiente, e o robô começará a se mover.

Claro, esta tecnologia não é apenas para uso pela mobilidade. Mas é um exemplo de como a tecnologia está dando esperança e conforto para aqueles que nos rodeiam e que mais precisam.

Veja no vídeo como este robô funciona.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário!

Fonte: Engenharia É

2