Edifício flutuante pode preservar vida selvagem

São Paulo – O Waterstudio desenvolveu um projeto capaz de resgatar o meio ambiente perto de grandes cidades. Trata-se da Sea Tree, uma estrutura que pode ser instalada em rios ou no mar e abrigar a fauna e a flora locais.

O sistema pré-fabricado permite que as plantas tenham contato com brisas e ventos naturais. Além disso, o edifício pode ser modificado conforme o tamanho médio das plantas do local. Por isso, a estrutura pode melhorar a qualidade de vida das cidades.

Criada pelo arquiteto holandês Koen Olthuis, a construção deve ter cerca de 30 metros de altura, mais oito metros sob a superfície. O objetivo é refugiar plantas, animais marinhos, pássaros, entre outros animais.

A Sea Tree é capaz de reproduzir todo o ecossistema de uma árvore. Por ser dividida em camadas, a estrutura flutuante consegue hospedar diversas espécies de animais. Trata-se de uma boa solução contra a poluição das metrópoles e da falta de espaço para a fauna e a flora.

A estrutura é parecida com um projeto usado para construção de plataformas de petróleo no mar. O diferencial é que a Sea Tree tem fins sustentáveis, diferente da extração de petróleo. Além disso, o edifício também pode ser construído em rios e lagos urbanos.

O custo do projeto, por enquanto, fica em torno de 9 milhões de dólares. É provável que o projeto ganhe vida em até dois anos.

 Fonte: Exame