Inglaterra começa a produzir gás com fezes que pode abastecer mais de oito mil residências

Inglaterra é um dos país mais compromissadas em reduzir as emissões de poluentes do mundo. O estado bateu recordes em geração eólica neste ano. Mas, a produção energética do país ainda vem principalmente do carvão e do gás.

Sendo assim, uma empresa quer mudar esse cenário com uma solução inusitada. Os moradores vão pagar apenas uma taxa, chamada de My Green Plus, e em troca recebam 100% de eletricidade renovável e 15% de gás verde -, produzida principalmente a partir das fezes dos moradores da própria cidade.

Eles explicam que os resíduos de esgoto de um milhão de pessoas da cidade de Bristol são transformados em biometano. O produto é desenvolvido em parceria com a empresa de reciclagem e energia renovável GENeco.

Vai funcionar da seguinte forma: o esgoto chega à usina de tratamento da GENeco, após isso é tratado e transformado em lama. Este lodo passa pelo processo de digestão anaeróbica, criando o biometano. A solução entra na rede, substituindo as unidades de combustíveis fósseis sujos por gás limpo.

O gás verde é praticamente neutro em carbono, ele emite bem menos poluentes na atmosfera. Atualmente, a GENeco afirma que trata 75 milhões de m3 de lixo de esgoto a cada ano. Isso cria metano suficiente para abastecer mais de oito mil residências.

Compartilhe com seus amigos e deixe-nos a sua opinião aqui nos comentários.

Fonte: Engenharia É 

logo_pet2