Especial – Força Maremotriz: opção conveniente de geração de energia?

Energia Maremotriz, também conhecida como energia dos mares é a energia obtida a partir dos movimentos marítimos. Ocorre devido à força gravitacional entre a Lua, a Terra e o Sol, que causam as marés e as ondas, devido a uma diferença de altura média dos mares de acordo com a posição relativa entre estes três astros.

O sistema de maremotriz é aquele que aproveita o movimento regular de fluxo do nível do mar (elevação e abaixamento). Funciona de forma semelhante a uma hidrelétrica: uma barragem é construída, formando-se um reservatório junto ao mar; quando a maré enche, a água entra e fica armazenada no reservatório, e, quando baixa, a água sai, movimentando uma turbina diretamente ligada a um sistema de conversão, gerando assim eletricidade.

A mesma pode ser explorada com eficiência em locais como os golfos, baías e estuários. É uma energia limpa e renovável. Existem três tipos de energias maremotrizes:

Energia das Marés

A energia é produzida a partir de turbinas hidráulicas que atuam a partir da circulação natural da água, junto com os mecanismos de canalização e de depósito, para avançar sobre um eixo. Através da sua ligação a um alternador, o sistema pode ser utilizado para a produção de eletricidade, transformando energia das marés, em energia elétrica, uma energia mais aproveitável.

ondas

Energia das Ondas

É a energia gerada a partir do incessante movimento das ondas, que alternadamente comprimem e descomprimem o ar dentro de câmaras de concreto construídas nas margens. É aberta somente na parte onde há água, de modo que empurra o ar dentro das câmaras que aciona uma turbina e puxa o ar de dentro das câmaras também acionando a mesma turbina.

2

Energia das Correntes Marítimas

As turbinas marítimas têm poucos componentes: engrenagens de posicionamento orientam as lâminas das turbinas na direção da corrente marítima e um gerador acoplado ao eixo da turbina fornece a energia elétrica.

3

 

Para a implementação desse sistema é necessária uma situação geográfica favorável e uma amplitude de maré relativamente grande, que varia de local para local. O Brasil apresenta condições favoráveis à implementação desse sistema em locais como o litoral maranhense, em que a amplitude dos níveis das marés chega a oito metros. Os estados do Pará e do Amapá também apresentam condições favoráveis.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, além da França, Japão, Inglaterra e Havaí já utilizam essa forma de geração de energia. Existem, também, usinas maremotrizes em construção ou em fase de planejamento no Canadá, México, Reino Unido, EUA, Argentina, Austrália, Índia, Coréia e Rússia. Mesmo possuindo condições favoráveis, ainda não há nenhuma tecnologia do tipo no Brasil.

Este tipo de geração possui as características de ser uma fonte renovável, não emitir gases de efeito estufa e é uma alternativa para países que por diversos motivos não podem gerar energia elétrica através de outras formas.

Entretanto, a implementação do sistema de uma usina maremotriz ainda é caro em relação ao sistema de hidrelétrica, de forma que a relação custo/benefício ainda não é vantajosa para muitos países. Além disso, pode ocorrer impacto ambiental na implantação do sistema, principalmente com relação ao ecossistema marinho.

Fonte: Ecoeficiência Maremotriz, Ministério de Minas e Energia logopet