Pesquisa aponta que Brasil não tem potencial para investimento em carros elétricos

Da Agência Ambiente Energia – A Accenture, consultoria especializada em análises empresariais, realizou uma pesquisa em 14 países sobre o mercado de veículos elétricos e constatou que o Brasil – assim como Índia e Rússia – não são bons lugares para investimentos em carros elétricos.

A falta de incentivos fiscais, problemas na estrutura de abastecimento elétrico e a dimensão do mercado de automóveis são os principais motivos para o Brasil estar mal cotado para o investimento no setor automobilístico elétrico.

Junto com Índia e Rússia, o Brasil além de um mercado fraco para os elétricos, possui uma perspectiva pequena de crescimento nos próximos anos. A falta de iniciativa dos governos e o valor do combustível, considerado baixo pela consultoria, são os principais pontos que tornam o trio desfavorável para a propulsão elétrica. A empresa deixa claro que aconselha que os investimentos sejam baixos, mas que este índice é reavaliado periodicamente e pode mudar com, por exemplo, alguma lei ou ação que impulsione este segmento.

Por outro lado, China e Estados Unidos, com seus mercados já bem abastecidos de modelos elétricos, e com potencial de crescimento em alta. São, segundo o levantamento, os melhores locais para novos modelos e pontos de recarga e estrutura. Canadá, França, Alemanha, Índia, Japão, Holanda, Noruega, Coreia do Sul, Suécia e Reino Unido estão no “meio-termo”. Mesmo com um mercado ainda fraco, estão procurando mudar este cenário e são bons locais para implementação dos veículos elétricos.

Fonte: Ambiente Energia

2