Mercado global da indústria geotérmica

A energia geotérmica é uma das fontes de energia renovável menos conhecida e encontra-se armazenada debaixo da superfície da terra em forma de calor e está relacionada com os vulcões, águas termais e géiseres.

Os recursos geotérmicos de elevada temperatura são aproveitados principalmente para a produção de energia elétrica (superiores a 100 – 150 graus). Quando a temperatura de vazamento não é suficiente para produzir energia elétrica as suas principais aplicações são térmicas nos sectores industriais e residenciais.

Até ao momento a utilização deste tipo de energia tem estado limitada ás áreas nas quais as condições geológicas eram mais favoráveis. Mas com os novos avanços tecnológicos é possível produzir eletricidade com recursos geotérmicos de temperaturas mais inferiores ás que eram necessárias há uns tempos atrás.

Em 2015, a indústria geotérmica gerou para a rede elétrica 313 MW de capacidade instalada, potência inferior à gerada em anos anteriores, mas com um número idêntico de plantas, na sua maioria pequenas instalações binárias em países como a Turquia, Quénia, México, Japão, Alemanha e Estados Unidos.

No total, o mercado geotérmico mundial alcançou os 13,3 GW de potência instalada repartida entre 24 países.

Mas no final do ano havia 12,5 GW em projetos em desenvolvimento que se supõe uma adição de capacidade. Existe uma previsão que o mercado mundial chegue a uma produção de 18,4 GW em 2021.

O conservador prognóstico de 18,4 GW previsto é baseado nas plantas que vão ser terminadas nesse prazo e que já estão em construção. Como os projetos demoram a ser realizados entre 2 a 3 anos e o prazo é de cinco anos, é provável que nos próximos anos venham a ser anunciados novos projetos, que se vão somar a este prognóstico algo conservador.

O crescimento desta nova capacidade vai ter lugar nos mercados da Europa, África Oriental e no Pacífico Sul, que são as regiões que lideram na atualidade o crescimento da energia geotérmica e que registarão grandes aumentos de capacidade nos próximos cinco anos.

Mercado global

De acordo com a recompilação de dados da Associação da Energia Geotérmica (GEA), existem mais de 200 GW de potencial hidrotérmico convencional disponível a nível mundial com base no conhecimento e na tecnologia atual. Por isso, as comunidades e os governos de todo o mundo só aproveitaram 6-7% do potencial mundial total de energia geotérmica com base no conhecimento e tecnologia atual.

O gráfico seguinte representa a capacidade operativa global por países, que é liderada pelos Estados Unidos com mais de 3,5 GW, seguido das Filipinas (1,9 GW), Indonésia (1,4 GW) e México (mais de 1 GW).

Neste outro gráfico (em baixo) enumeram-se os projetos e as capacidades atualizadas no final de 2015. Tendo em conta a trajetória atual do mercado, é provável que na próxima década as Filipinas, Indonésia ou a Europa alcancem os Estados Unidos, país em que o desenvolvimento de energia geotérmica tem diminuído nos últimos tempos.

 

Fonte: Portal Energia