GE inventa mini turbina que pode revolucionar a indústria de energia

A GE inventou uma nova turbina que é do tamanho de uma mesa de trabalho e que potencialmente poderá fornecer energia para uma cidade inteira.

Isso pode revolucionar o tamanho das usinas modernas e a forma como olhamos para a produção de energia.

Embora a própria turbina se assemelha com as atuais, só que em escala menor, o método em torno da rotação da turbina que é completamente diferente das técnicas modernas.

O equipamento utiliza CO² fluidizado, criado a partir de toneladas de pressão e calor, que cria um fluido supercrítico capaz de aumentar a eficiência de geração de energia.

Um fluido supercrítico é uma substância que foi pressurizada e aquecida, passada do seu ponto crítico em que as fronteiras entre líquido e gás não se aplicam mais.

A nova turbina pode trazer uma eficiência de 50% na produção de energia contra os 45% das turbinas atuais. Enquanto isto pode não parecer muito, quando você colocá-la em perspectiva de toda a indústria, isso pode significar grandes coisas para a energia.

O modelo atual é uma turbina de 10 MW, que é completamente escalável para aplicações muito maiores. Não tem sido realizado muitos teste reais em torno do dispositivo, mas a GE está esperando para serem testadas e, possivelmente, iniciar a implementação da nova tecnologia ainda este ano.

Este desenvolvimento vem na esteira da expectativa de que a demanda de energia vai aumentar em 50% nos próximos anos, possivelmente impulsionada pelo aumento da era eletrônica.

Os pesquisadores e engenheiros por trás deste projeto quer chegar à frente da curva no projeto de eficiência e têm a tecnologia pronta para quando a demanda estiver presente.

Fonte: Minuto Engenharia