Estudantes da UnB criam bicicleta que carrega celular durante exercício

Cinco estudantes da Universidade de Brasília criaram uma bicicleta que transforma a energia do movimento das pedaladas em energia elétrica capaz de recarregar a bateria de um celular. O projeto, criado pela empresa júnior Enetec, levou quase quatro meses para ficar pronto. O grupo pensa em comercializar o produto.

Os criadores da “Virtual Bike” desenvolveram também um jogo para ser usado enquanto se pedala. O usuário coloca óculos de realidade virtual e, por meio de sensores localizados no guidão da bicicleta, consegue dar uma volta em um percurso radical. O dispositivo funciona com a ajuda de um aplicativo para celular.

Segundo o estudante Lucas Kalejaiye, a bicicleta funciona de maneira simples. “Geralmente o motor transforma energia elétrica em energia de movimento. O que a gente fez foi fazer essa energia de movimento se transformar em energia elétrica.”

Presidente da Enetec, Bruno Freitas diz que é possível carregar qualquer equipamento por meio de um cabo USB. “No momento em que a gente gira a roda da bicicleta, faz girar um motor que induz um campo magnético que carrega o celular, induzindo tensão no carregador de celular.”

O diretor da empresa, Caio Martins, afirma que a tecnologia une sustentabilidade e saúde. “A pessoa ganha sustentabilidade e gera energia elétrica sem gasto. Ela está se divertindo e ainda perde umas calorias no final.”

O grupo acredita que qualquer pessoa poderá ter o dispositivo em casa. Por enquanto, a Enetec não conta com patrocínio para desenvolver o produto e ainda precisa aprimorar a tecnologia.

“Queremos facilitar a construção dele para poder escalar esse produto, poder colocar em academias, locais que queiram deixar a atividade física mais interativa e divertida”, afirma outro presidente da empresa, Lucas Rodrigues.

Fonte: G1.globo

logo_pet2