Consumidor com gerador poderá vender energia para a distribuidora

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determinou nesta terça-feira a abertura de uma audiência pública para aprimorar a contratação de energia própria das unidades consumidoras pelas distribuidoras de energia elétrica. A consulta tem início amanhã e vai até o dia 27 de março.

O governo conta com a possibilidade de os consumidores com geração de energia térmica a partir de gás ou óleo diesel, por exemplo, poderem suprir a rede básica esporadicamente e aliviar a pressão sobre a oferta de eletricidade em horários de pico, principalmente nas grandes regiões metropolitanas.

O diretor José Jurhosa Junior, da Aneel, destacou que a audiência visa a promover, principalmente, a venda de energia elétrica a partir de consumidores que já tenham geradores. Seriam exemplos pequenas indústrias e shopping centers, que já usam seus geradores, principalmente a diesel, em maior parte do tempo.

Os geradores a gás e diesel teriam remuneração diferenciada, acima do teto do mercado de curto prazo, mas, para novas fontes, esse limite máximo será de R$ 388 por Megawatt-hora (MWh). Para diesel, o valor máximo será de R$ 1420,34 o MWh e, gás, de R$ 792,49, que será dado o consumidor.

— Isso é suficiente para estimular a instalação de novos geradores também — disse Jurhosa.

Pela proposta de Jurhosa, os consumidores que venderem energia própria à distribuidora poderão receber destas em dinheiro pela eletricidade por eles gerada dividida com o sistema, e não apenas compensar a energia entregue com o consumo futuro, como ocorre atualmente.

Segundo Tiago de Barros Coreia, também diretor da Aneel, existe um esforço conjunto hoje do governo para serem levantados os últimos entraves para que deslanche a chamada “microgeração distribuída”, a partir de geradores já existentes.

Apesar do foco em geradores a gás e diesel já existentes, Jurhosa destacou em sua proposta a possibilidade de contratação de energia diretamente dos consumidores pelas distribuidoras de qualquer tipo diferente de geração, como a solar e o biocombustível.
Fonte: ExtraLogo Pet 2