Nova impressora fotovoltaica imprime uma célula solar em apenas dois segundos

celula-fotovoltaicaUma nova impressora desenvolvida na  Austrália, permitiu aos pesquisadores imprimir células solares do tamanho de uma folha de papel A3. A ferramenta vem assim tornar ainda mais fácil a criação de energia renovável.

A impressora de células solares foi desenvolvida em colaboração entre o Victorian Organic Solar Cell Consortium, a CSIRO e a Universidade de Melbourne.

Pra você ter ideia, ela é capaz de transformar plástico ou metal em painéis fotovoltaicos que vão desde o tamanho de uma unha até ao de uma folha de papel A3.

Os pesquisadores preveem que estas células possam ser usadas ​​em telhados, superfícies de vidro ou até mesmo em dispositivos pessoais e móveis, como computadores portáteis. Em apenas três anos, eles foram capazes de aumentar o tamanho da plataforma final de apenas dois centímetros de largura, no início, para os 30 centímetros atuais.

A máquina custa R$ 425 mil, embora a Universidade de Melbourne esteja aceitando encomendas para fabricação, o que pode permitir às pequenas empresas ter acesso ao dispositivo para imprimir os seus projetos – à semelhança de uma gráfica.

A impressora coloca as tintas semicondutoras sobre o plástico ou o aço a um ritmo de uma célula a cada dois segundos. Impressas em material flexível, as células solares são mais versáteis do que nos painéis solares de silício.

Segundo o Inhabitat a equipe pretende continuar a trabalhar no projeto, de modo a tornar a impressora mais acessível, para que outras empresas a possam adquirir.

Fonte: Engenhariae                                                                                                                                                                                logopet