Essa fita que cabe na palma da mão foi criada pela IBM e consegue armazenar 330 TB

Cientistas da IBM conseguiram um novo recorde mundial, colocar 330 terabytes de dados não comprimidos – ou o equivalente a 330 milhões de livros – em uma fita que pode caber na palma da sua mão. O registro de 201 gigabits por polegada quadrada em protótipo de fita magnética é mais de 20 vezes a densidade de superfície atualmente usada em unidades de fita comercial.

As unidades de fita foram inventadas há mais de 60 anos e tradicionalmente foram usadas para arquivar documentos fiscais e registros de cuidados de saúde. A primeira unidade de fita da IBM foi usado bobinas de fita de meio polegada de largura que só podiam armazenar 2 megabytes. Abaixo veja um comparativo da capacidade de armazenamento das fitas – teve um aumento de mais de 40 vezes desde 2006.

 

A fita magnética foi desenvolvida pela Sony Storage Media Solutions, e o marco indica a viabilidade de continuar a aumentar o armazenamento em fitas por mais uma década, disse a IBM.

“Atualmente, a fita foi usada para arquivos de vídeo, arquivos de backup, etc…”, disse a IBM em uma declaração.

“Embora custe um pouco mais para a manufatura do que a fita comercial atual, o potencial para uma capacidade muito alta tornará o custo por terabyte muito atraente, tornando esta tecnologia prática para o armazenamento na nuvem”.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário!

Fonte: Engenharia É

 

logo_pet2